Analytics

domingo, 31 de agosto de 2008

Abordar ou não abordar? Eis a questão

A abordagem é uma das atividades mais delicadas no oficio do atendente de livrarias. O que dizer ao se dirigir ao cliente nestes momentos? Um frase inocente , tal como "Pois não" é uma das piores opções. Toda expressão negativa numa negociação deve ser evitada. Mas algumas ações podem ser desastrosas. Vejam mais este vídeo feito pela ABA do que pode ser uma abordagem prá lá de ruim

2 comentários:

Ronaldo disse...

Nada como o "bom e velho" - Bom Dia, Boa Tarde, Boa Noite.
Além de demonstrar boa educação dá sequencia natural ao atendimento. O consumidor ( em sua
infinita maioria ) nota que esta sendo devidamente respeitado e automaticamente dá seguencia com o diálogo.

Tal procedimento não é válido apenas para as livrarias e sim para todos os setores do comércio. Alias, isso vale em tudo no nosso cotidiano. Deste o balconista da padaria até o cobrador de ônibus.

Deve-se evitar de toda forma o "vírus Babush" ( nota: loja de comércio popular ),
bizarrices como "Posso Ajudar" e "fala ai freguês" devem ser atiradas de vez ao limbo.

E não devemos esquecer outra "doença" de nosso setor, atendentes, gerentes e gestores
que não possuem hábito de leitura. Mas isso fica para outra oportunidade.

Lígia Dutra disse...

Oi Gerson,

Sou consultora focada em e-commerce e estou com uma cliente que possui uma livraria virtual. Sem dúvida faremos uma parceria contigo. Ocorre que ao visitar seu site tive uma idéia, que talvez você já tenha tido, mas que gostaria de trocar contigo. Como posso falar com você? Meu msn é ligiajdutra@hotmail.com e meu site www.upalupa.com.br Abraço