Analytics

domingo, 18 de março de 2012

Cada vez mais, livros demais

Por conta da informação sobre a vinda das lojas El Corte Ingles no Brasil, fui procurar informações para tentar saber qual a participação deles nas vendas de livros no mercado espanhol. Não encontrei, mas achei um quadro publicado pela Federação de Gremios de Editores de España que reproduz um cenário muito parecido com o nosso. Clique aqui para acessar
Lança-se mais livros com tiragens menores e que vendem menos exemplares por títulos.
Com a profusão de novos editores que surgem todo dia e com a pratica que as editoras adotam de despejar livros no mercado para ocupar as vitrines e gondolas para ver se algum título emplaca, dificilmente esta situação irá mudar. Sobre o assunto, sugiro a leitura do título " Livros Demais" do autor mexicano Gabriel Zaid, traduzido pelo Felipe Lindoso.
Não existe uma solução pensada para isso, mas o que deve acontecer é que a capacidade de investimento das maiores editoras vai chegar à um ponto que irá reservar as principais vitrines do pais através de ações de merchandising e sobrará muito pouco espaço para os novos entrantes.
Talvez ai o mercado digital comece a ter uma gama e variedade de títulos que impacte na tímida oferta do mercado do livro digital hoje no Brasil.
Enquanto isso, da-lhe tsunami de títulos nas livrarias...

Nenhum comentário: